08 de Novembro de 1923: Primeira tentativa nazi de tomada de poder, com o golpe da Cervejaria

Começaram "devagarinho" , prometiam muito , mentiam ainda mais , investiram fortemente nas técnicas de propaganda e manipulação das pessoas, conseguiram colossais apoios financeiros de boa parte do grande capital industrial e financeiro alemão ( e também de muito dos capitalistas e parte da aristocracia inglesa) e, mais tarde ( a partir de1930 /31/32 ) e , também dos banqueiros e alguns industriais americanos ( por ex Henry Ford) , muitos políticos/intelectuais por toda a Europa não lhes ligaram nenhuma, outros tantos até gozavam com estes anormais dos nazis e, depois aconteceram as tragédias e barbaridades que todos conhecemos.
Infelizmente, este "filme" de terror tem estado a ser subtilmente "rodado" ( desde há já vários anos), quer na Europa , quer nos USA , obviamente com outros "disfarces " , "cenários " , "argumento" e técnicas de "propaganda e manipulação " adaptadas ás circunstâncias dos nossos tempos mas , a essência e o gérmen do mal , da maldade e da destruição que se está a desenvolver e a perpetrar, é do mesmo tipo daqueles que acontecerem nas décadas de 20 e 30 na Europa com as brutais ditaduras das ideologias nazi, fascistas e comunistas que levaram ao colapso da Europa e do mundo com o eclodir da II Guerra Mundial ..

E , as principais causas para o ressurgimento deste tipo de ideologias radicais e perversas de direita ou de esquerda, as quais aparecem sempre carregadas de uma demagogia extrema, reside sempre nas consequências nefastas das elevadas taxas de desemprego,da redução do nível de vida das populações , da falta de esperança , do aumento das desigualdades, potenciada pela profunda desilusão , insatisfação , revolta e , falta de confiança dos povos com as suas elites politicas e económicas e , muito especialmente com os dirigentes das elites politicas e com os que ocuparam/ocupam cargos na alta governação dos Estados, alguns dos quais através dos seus comportamentos e atitudes carregados de falta de ética , de honestidade e/ou competência potenciada pela constante promiscuidade e/ou falta de transparência com os interesses dos grandes negócios privados ( e seus representantes) , a percepção de elevados níveis de corrupção, a mentira sistemática , a continua e sistemática falha no cumprimento das promessas eleitorais etc.. atiram com milhões de pessoas para as perigosas garras destes lideres e movimentos radicais e demagógicos.

API

08 de Novembro de 1923: Primeira tentativa nazi de tomada de poder, com o golpe da Cervejaria

O Golpe da Cervejaria, também conhecido como o Golpe de Munique (em Alemão: "Hitlerputsch" ou Hitler-Ludendorff-Putsch) foi uma tentativa fracassada de revolução que ocorreu entre a noite de 8 de Novembro e o início da tarde de 9 de Novembro de 1923, quando o líder Nazi do Partido de Adolf Hitler, o "Generalquartiermeister" (o director geral) Erich Ludendorff, e outros chefes da Kampfbund (Liga das Sociedades da luta patriótica e do Partido Nacional-Socialista Alemão) tentou, sem sucesso, tomar o poder em Munique e na Alemanha.

Conjuntura

1923, ano que os alemães apelidaram de "ano desumano" havia começado mal. Em 11 de Janeiro, as tropas franco-belgas ocupam a bacia do Ruhr, principal fonte de riqueza do país, a fim de obrigar os alemães a pagar as reparações de guerra a que o Tratado de Versalhes os havia condenado.

A instabilidade política e a "resistência passiva" à ocupação estrangeira levam a greves por todo o país assim como a uma vertiginosa alta de preços.

Em Outubro de 1923, era necessário algumas dezenas de milhares de marcos para comprar um dólar americano ou pão. Este contexto encoraja a acção revolucionária.

Em Berlim, o presidente da República Friedrich Ebert e o chanceler Gustav Streseman decretam Estado de emergência em 26 de Setembro, enquanto o economista Hjalmar Schacht tenta estancar a inflação criando uma moeda provisória, o rentenmark. A Baviera recusa o que chama de ‘‘ditadura dos prussianos de Berlim’’ e proclama no mesmo dia o seu próprio Estado de Emergência, entregando poderes ditatoriais a um triunvirato formado por Gustav von Kahr, o general Otto von Lossow, comandante do Exército, e o coronel Hans von Seisser, chefe da polícia.

A ameaça do separatismo bávaro paira sobre o país. É o momento que Hitler escolhe para apoderar -se do poder em Munique.

O golpe fracassado

Em 8 de Novembro,numa grande cervejaria local, a Bürgerbraükeller, três mil pessoass ouvem o triunvirato.

A cervejaria é brutalmente invadida pelos militantes do partido nazi. o seu chefe, Hitler, sobe a um estrado. Revólver em punho, ele empurra os dirigentes bávaros para uma sala e intima-os a entregar-lhe o poder, porém os dirigentes resistem. Desconcertado, Hitler tenta na manhã seguinte retomar a iniciativa, planeando ocupar o Ministério da Guerra da Baviera. Uma centena de policias, que permaneceram fieis às forças locais, apesar dos apelos dos nazis, impedem o avanço dos manifestantes nazis.

Aos primeiros tiros de fogo, os agitadores debandam, o chefe em primeiro lugar. Contaram-se 16 mortos.O ‘‘Putsch da Cervejaria’’ termina com um completo fracasso. O chefe nazi é preso dois dias depois. Ao cabo de um processo tempestuoso, no curso do qual exibe seu talento propagandístico, Hitler é condenado a 1 de Abril de 1924 a cinco anos de prisão. Cumpriria apenas nove meses.

Deixa a prisão de Landsberg a 20 de Dezembro de 1924 com um manuscrito ditado no cárcere ao seu fiel Rudolf Hess. Nele anuncia o seu projecto político para a Alemanha. O título: "Mein Kampf" (" A Minha Luta").

O nacional-socialismo apresentava-se como uma alternativa revolucionária ao comunismo bolchevique. Dizia responder às aspirações dos proletários, dos desempregados e dos ‘lumpens’ alemães que rejeitavam seguir os bolcheviques russos, tidos por alguns germânicos como "gente inculta e desprezível".

Ao pregar um nacionalismo visceral, o partido de Hitler seduzia também numerosos patriotas sinceros, revoltados com o humilhante acordo de Versalhes.

A ascensão de Hitler ao poder em menos de oito anos deve-se antes de mais nada às circunstâncias e à crise económica de 1929, que interrompe a clara recuperação económica, social, política e cultural da democracia alemã nascida em Weimar dez anos antes.

Com a multiplicação dos desempregados e o decorrente aumento da miséria, o Partido Nazi vê o número de seus apoiantes crescer vertiginosamente.

De 176 mil em 1929, o número de filiados ao partido nazi ascende a 806 mil em 1931 e a 4 milhões em 1933. Os nazis não tinham mais que 12 deputados em 1928. Obtêm 107 nas eleições legislativas de 1930 e transformam-se no segundo partido alemão.

Fontes:operamundi.uol.com

wikipedia (Imagens)

Os participantes no Golpe da Cervejaria da esquerda para a direita: Pernet, Weber, Frick, Kiebel, Ludendorff, Hitler, Bruckner, Röhm e Wagner.

Forças nazis na Praça Central de Marienplatz durante o Putsch de Munique, em 1923

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s