Poema

HORDAS

(Pedro Du Bois, inédito)

Hordas

poeira sobre os olhos

no caminho invadido

a morte na sombra

hordas invadem

nossa ignorância

ao pecar o não saber

a morte no escuro pó

em que se transforma o dia

hordas de invasores

exigem sabermos as razões

no significado das nossas mortes.

HORDES

(Marina Du Bois, English version)

Hordes

dust on eyes

through the invaded path

death in the shade

hordes invade

our ignorance

by sinning and not knowing

death in the dark powder

in which the day becomes

horders of invaders

demand to know the reasons

in the meaning of our deaths.

outros poemas

Anúncios

1 Comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s