Tango em Lisboa – Comemoração do 18º aniversário da Milonga d’ A Barraca | 2 Julho | 20h30

Tango em Lisboa – Comemoração do 18º aniversário da Milonga d’ A Barraca

No seu 18º aniversário a Milonga d’ A Barraca volta a unir dois ícones culturais: o tango argentino e o fado português.

Lisboa, 2 de julho de 2017 – A Milonga d’A Barraca comemora o seu 18º aniversário no próximo dia 2 de Julho, no Teatro A Barraca, em Santos. A celebração contará com a presença da fadista de renome internacional KATIA GUERREIRO acompanhada por ilustres músicos do fado: Pedro de Castro na Guitarra Portuguesa, André Ramos na Viola de Fado e Francisco Gaspar na Viola Baixo. Contará ainda com a atuação de Magdalena Gutierrez y Germán Ballejo um par de bailarinos argentinos da nova geração que marcam presença nesta noite especial em que se destaca a união entre dois ícones culturais: o tango e o fado.

O evento tem início às 20h30h com a tradicional Milonga Argentina (baile) à qual se junta o Fado Português e as exibições de Tango às 22h30m e às 00h30m. A entrada para o evento tem o custo de 10 euros. Os bilhetes encontram-se à venda na entrada do evento. Entre as 20h30 e as 21h será oferecido à entrada um copo de vinho argentino que será acompanhado de uma empanada argentina de carne.

Sobre a Milonga d’A Barraca:

A mais antiga milonga de Portugal, e uma das mais antigas e tradicionais da Europa foi fundada, em 1999, pelos bailarinos Alejandro Laguna (Argentina-Buenos Aires), e Solange Galvão (Porto). Nasceu por um convite de Mário Guerra para formar parte da programação do Bar do Teatro A Barraca. Destaca-se pela promoção do tango social da cidade de Buenos Aires enfatizando o sentido íntimo do abraço, da música e a celebração social da milonga como centro do tango. A Milonga d’A Barraca carateriza-se pela sua fidelidade ao tango tradicional de Buenos Aires e pela sua comunhão com o tradicional fado Português. Uma ideia desenvolvida pelo organizador da Milonga d’ A Barraca o bailarino e professor Alejandro Laguna (organizador da Milonga desde 2006), que tem conquistado a atenção de alguns dos fadistas mais conceituados em Portugal. Em Março de 2016 a revista “El Tangauta”, uma das revistas de tango mais importantes na Argentina, dedicou um extenso artigo à trajetória da Milonga d’Barraca.

Para mais informações consultewww.tangoportugal.com

ou contacteEmail

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s