Filme da economista Naomi Klein marca apresentação do Cine’Eco Seia

Tudo pode mudar: Oceanos, Clima e Economia é a proposta da edição 2017 do CineEco Seia, a ter lugar entre 14 e 21 de Outubro na cidade beirã. Inspirada numa das mais importantes obras sobre alterações climáticas, Tudo Pode Mudar: Capitalismo vs Clima de Naomi Klein, o Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela aponta assim a uma reflexão em torno da criação de um sistema social e económico próspero que abrace a sustentabilidade.

Recorde-se que Naomi Klein é, aos nossos dias, uma das mais reputadas pensadoras sobre os impactos da globalização e do capitalismo no crescimento sustentável e justo do planeta e da economia. Activista, escritora e realizadora, Klein é tida como uma das vozes mais influentes nas questões relacionadas com o clima, tendo reunido prémios e atenção mediática em torno da sua obra.

This Changes Everything, o documentário de Avi Lewis inspirado na obra da canadiana, representa uma épica tentativa de reflexão sobre os desafios impostos pelas alterações climáticas. Rodado em 211 dias, em nove países e 5 continentes, a longa apresenta nove retratos poderosos sobres comunidades fronteiriças mundiais, acompanhados pelos comentários críticos da famosa economista mundial, construindo uma prolífica linha de argumentação sobre a ideia de que é possível parar a crise das alterações climáticas através do redesenho do sistemas económico e social falhado proposto pela sociedade ocidental. O filme será exibido esta sexta-feira, pelas 21h30, no Auditório da Casa Municipal de Cultura de Seia, naquela que será a sessão oficial de apresentação do festival.

Uma Verdade Inconveniente em antestreia nacional no Cine’Eco Seia
A sequela do documentário Uma Verdade Inconveniente, obra que aborda os perigos do aquecimento global e que tem como figura condutora o ex-vice-presidente americano Al Gore, é um dos destaques das sessões especiais do CineEco Seia. Uma Sequela Inconveniente: A Verdade Para o Poder segue os esforços de Al Gore na sua tentativa de persuadir os mais importantes líderes governamentais mundias a investirem na utilização de energias renováveis culminando com a assinatura do Acordo de Paris.

O ponto de encontro para o CineEco Seia volta a ser a Casa da Cultura de Seia, que, entre 14 e 21 de Outubro, albergará uma vasta programação de longas, curtas, documentários, reportagens de televisão, a par de uma competição dedicada aos filmes lusófonos da região e um programa de sessões especiais. No total serão mais de 100 filmes em competição, oriundos de mais de 25 países.

O CineEco 2017, é organizado como habitualmente pelo município de Seia sendo este ano reforçado pela valorização dos recursos naturais preconizada pelo Festival iNATURE Serra da Estrela e que estará bem patente as atividades paralelas do Festival, como nas comemorações que antecedem a semana do CineEco.

O CineEco é um dos mais antigos festivais de cinema de ambiente do mundo e integra a Green Film Network, uma plataforma de 40 festivais, da qual é igualmente membro fundador.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s